O ministro da Educação, Milton Ribeiro, visitou na última sexta-feira (14) a Escola Aquarela, em Saudades, Oeste de Santa Catarina, onde ocorreu um brutal ataque causando a morte de duas mulheres e três crianças.

Ribeiro representava o presidente Jair Bolsonaro, que enviou mensagens de condolências para os familiares da vítimas do atentado.

“Ainda profundamente comovido, pude oferecer aos pais, familiares e amigos das vítimas minha oração, um terno abraço e a Palavra de Deus, o único que pode curar seus corações partidos, transformar a dor em doce saudade e um dia enfim, a morte em vida”, escreveu nas redes sociais.

Em reunião privada com os familiares das vítimas, o ministro aproveitou para entregar Bíblias e deixar uma palavra de conforto com base na Palavra de Deus.

“Eu sei que as palavras não são suficientemente consoladoras como a presença de alguém. É por isso que vim e trouxe a palavra de Deus, entregando uma Bíblia para cada família”, disse Milton Ribeiro.

Ele também aproveitou a ocasião para fazer uma oração por todos os presentes na reunião.

Ataque

O ataque contra à creche em Saudades aconteceu no dia 4 de maio, quando um rapaz de 18 anos invadiu a unidade pró-infância Aquarela, por volta das 10 horas da manhã, desferindo golpes contra cinco pessoas, incluindo quatro bebês menores de dois anos, sendo que três acabaram morrendo.

O único sobrevivente do ataque é um bebê de 1 ano e 8 meses, que teve um dos pulmões perfurados e foi submetido à uma intervenção cirúrgica, tendo alta hospitalar no último dia 9 de maio.


fonte: https://www.gospelprime.com.br

Deixe seu Comentário